Constrate:
Blog

NOVAS PRÁTICAS PARA O ENSINO MÉDIO: FILOSOFIA

Código da Coleção: 0301P21153

Obra inscrita e submetida à avaliação no PNLD 2021 – Objeto 3 | Material de divulgação Editora do Brasil

Levando em conta as intensas mudanças pelas quais a Educação brasileira vem passando, a Editora do Brasil desenvolveu especialmente para os professores de Filosofia esta obra de formação continuada: um instrumento para a prática pedagógica voltada para a adoção das propostas do Novo Ensino Médio, de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que propõe uma estrutura curricular flexível e componentes curriculares integrados por área de conhecimento. Essas mudanças foram realizadas de acordo com um novo contexto para a Educação global, em um ambiente com transformações rápidas na sociedade, ciência e tecnologia, com a formação dos jovens constantemente adequada para a vida pessoal e o trabalho.

O professor de Filosofia precisa estar atualizado para atender às transformações das questões fundamentais do ser humano e dos paradigmas da sociedade contemporânea, que criam perguntas e fazem o ciclo de pensamento nunca cessar, demandando dos professores e estudantes um pensamento organizado, conceitual, crítico e reflexivo. É preciso estar preparado, também, para uma escola que acolha as diversidades, dialogue com as múltiplas culturas juvenis, forme o estudante para a vida e para o trabalho e se torne apta a trabalhar a flexibilidade como princípio de organização curricular, estruturando seu planejamento com base no desenvolvimento das Competências Gerais da BNCC e das habilidades da área.

Destaques da Obra

As dimensões de trabalho propostas nesse material – Projeto de Vida, Isolamento Disciplinar, Interdisciplinaridade e Avaliação – estão concatenadas na obra em seis unidades teórico-práticas, que, além de proporem reflexões e trazerem atualizações sobre determinados temas, apresentam quatro tipos de vivências, sendo que é possível se envolver ativamente com tais conteúdos.

Em cada uma das unidades são apresentadas propostas de atividades e vivências individuais ou coletivas, com o objetivo de relacionar teoria e prática de maneira contextualizada e com sentido.

 

As vivências propostas ao longo das unidades desenvolvem o protagonismo, a autoria e a experimentação, possibilitando, ainda, o aprofundamento do estudo dos temas de Filosofia e dos conteúdos da BNCC, e estão classificadas em quatro tipos:

  • Eu comigo mesmo: proposta de reflexão pessoal por meio de problematizações;
  • Eu e o conhecimento: busca o desenvolvimento pedagógico, por meio de distintas abordagens ligadas ao tema da unidade;
  • Eu e a sala de aula: atividade exemplar que ilustra ou sugere meios pelos quais é possível levar à sala de aula aquilo que está sendo trabalhado em uma unidade específica;

Prática de pesquisa: proposta de pesquisa de médio a longo prazo, realizada pelo professor, sobre algum tema relacionado à unidade. O objetivo é desenvolver o espírito investigativo e a produção autoral do conhecimento.

Estrutura da Obra

Unidade 1 – COMEÇO DE CONVERSA: apresenta as diretrizes da BNCC e do Novo Ensino Médio, as características do professor do século XXI e os princípios da obra, que se baseiam na homologia de processos (quando o professor aprende na prática aquilo que vai ensinar à turma) e nas metodologias ativas, que levam em conta os diversos modos de aprender e as estratégias diversificadas de ensino.

Unidade 2 – CAMINHOS E TRANSFORMAÇÕES: o professor é convidado para um mergulho de autoconhecimento, conectando sua história e o contexto em que vive com suas expectativas futuras, a fim de buscar significados em múltiplas dimensões (profissional, social, física e emocional).

Unidade 3 – QUAL É O LUGAR DA FILOSOFIA NO NOVO ENSINO MÉDIO?: aborda a especificidade da Filosofia como componente escolar e seu papel na área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e também incentiva o questionamento a respeito do isolamento da disciplina na escola, propondo uma análise dos objetos de conhecimento à luz do desenvolvimento das Competências Gerais e Específicas preconizadas pela BNCC.

Unidade 4 – PARA QUE INTEGRAR CONHECIMENTOS?: traz as contribuições que a Filosofia pode oferecer para efetivar uma abordagem integrada dos saberes na escola. Para isso, apresenta, sob a forma de vivências, a necessidade e as possibilidades de um diálogo permanente entre os objetos de conhecimento, as metodologias e os saberes na área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, assim como a demanda de que os conhecimentos estejam contextualizados na vida do professor e na do estudante, levando em conta a realidade local, ou seja, a da escola.

Unidade 5 – COMO IDENTIFICAR A APRENDIZAGEM?: indica uma das grandes mudanças propostas pelo Novo Ensino Médio – a de que o estudante deve ser corresponsável pelo próprio processo de ensino e aprendizagem. Diante desse novo paradigma, essa Unidade auxilia a repensar e construir novos modelos de avaliação e instrumentos que considerem os caminhos particulares pelos quais cada estudante aprende e que possam contribuir para melhorar a aprendizagem, orientar as práticas didáticas e possibilitar uma experiência de conhecimento ampliada.

Unidade 6 – SISTEMATIZAR E PLANEJAR: visa auxiliar o docente para que ele possa sistematizar aquilo que aprendeu e seja capaz de elaborar o planejamento do seu curso de modo consciente e organizado. A unidade propõe também que o professor crie o seu próprio plano de ações, no sentido de implementar cotidianamente práticas, atitudes e hábitos necessários para alcançar seus objetivos e colaborar com a construção do seu projeto de vida. Por fim, é apresentada uma proposta de autoavaliação, na qual o docente pode identificar suas aprendizagens ao longo dessa formação, valorizar suas novas aquisições e observar temas que demandam mais aprofundamento e estudos.

Videotutoriais

A obra é acompanhada de um videotutorial que, sinteticamente, apresenta:

  • Abordagem teórico-metodológica;
  • Os objetivos e as as justificativas das unidades;
  • Conceitos primordiais da BNCC que serão abordados;
  • Os procedimentos a serem

Autores