Constrate:
Blog

NOVAS PRÁTICAS PARA O ENSINO MÉDIO: INGLÊS

Código da Coleção: 0305P21093

Obra inscrita e submetida à avaliação no PNLD 2021 – Objeto 3 | Material de divulgação Editora do Brasil

A Editora do Brasil desenvolveu esta obra com o intuito de preparar os professores para as mudanças trazidas pelo Novo Ensino Médio à educação brasileira, como a alteração de percepção da Língua Inglesa, usada globalmente por diversos falantes além de seus nativos, na Educação Básica – de língua estrangeira à língua franca.

Com isso, o objetivo das aulas de Inglês passa a ser auxiliar os estudantes a assimilarem a língua para se comunicarem com efetividade e com foco nos cinco eixos propostos pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que não somente dialogam entre si, como também se entrelaçam:

  • Oralidade;
  • Leitura;
  • Escrita;
  • Conhecimento linguístico;
  • Dimensão intercultural.

Destaques da Obra

Para estimular a formação integral dos estudantes, a obra leva em consideração o multiletramento, necessário para construir um repertório linguístico não apenas da língua falada no dia a dia, como daquela usada em diferentes contextos, que considera suas dimensões intelectuais e seus afetos para trazer o idioma o mais próximo possível da realidade escolar e das expressões idiomáticas faladas pela juventude.

Estrutura a Obra

Unidade 1 – COMEÇO DE CONVERSA: trata das características do professor do século XXI, apresenta as diretrizes da BNCC e do Novo Ensino Médio e faz um apanhado geral das seções do livro e dos temas desenvolvidos. Você encontrará propostas para trabalhar as novas competências exigidas em sala de aula, bem como o conceito de educação integrada e de metodologias ativas.

Unidade 2 – MINIPROJETO DE VIDA: tema importante para trabalho em sala de aula e fora dela. Esta unidade discute como integrar seu propósito de vida e seu lugar no mundo, especialmente seu papel como professor e agente transformador, fazendo pensar sobre metas de carreira e de vida. Este projeto bem executado facilita nortear os jovens na busca de seus próprios caminhos.

Unidade 3 – ISOLAMENTO DISCIPLINAR: traz a língua inglesa analisada isoladamente, com resgate da história do ensino de línguas no Brasil, para contextualizar e acompanhar as mudanças que aconteceram nesse processo. São discutidos o conceito de língua franca, as funções social e política da linguagem e como língua, história e cultura estão relacionadas e profundamente conectadas.

Unidade 4 – A ERA DA INTERDISCIPLINARIDADE: apresenta um passo a passo para ajudar a estruturar o trabalho com conceito essencial para a educação integral. Essa Unidade mostra como mapear as principais dificuldades e necessidades para elaborar um itinerário que converse com a realidade da unidade escolar – isto é, que use os recursos técnicos disponíveis e trabalhe em conjunto com outros professores, interagindo com outras áreas do conhecimento e refletindo sobre itinerários formativos.

Unidade 5 – AVALIAÇÃO: UMA FERRAMENTA PARA A APRENDIZAGEM: traz os conceitos e as etapas de novos processos de pesquisa e avaliação, pilares da educação integral trabalhados no dia a dia. Indica também formas de trabalhar os diversos tipos de avaliação, conceituando diferenças cruciais, como as entre modelo de avaliação do instrumento de avaliação, por exemplo.

Unidade 6 – ENCERRAMENTO: apresenta vivências e reflexões sobre tudo o que foi discutido ao longo da obra, com uma proposta de autoavaliação do processo e das diferentes experiências vividas com outros professores na adaptação às práticas sugeridas pela BNCC e sua abordagem metodológica

Videotutoriais

A obra é acompanhada de um videotutorial que, sinteticamente, apresenta:

  • Abordagem teórico-metodológica;
  • Os objetivos e as as justificativas das unidades;
  • Conceitos primordiais da BNCC que serão abordados;
  • Os procedimentos a serem

Autores